Blógico!

Pensamento, cultura, artes, boas notícias

Pirata, eu???

Os verdadeiros criminosos rindo à toa....
Muitos amantes da música ficaram empolgados quando as primeiras lojas começaram a disponibilizar arquivos para gravar CDs na hora, de acordo com a lista do comprador – seria ótimo fazer seu próprio disco escolher as músicas de acordo com o critério e gravá-lo… garantindo ao mesmo tempo os direitos dos artistas, gravadores etc.

Mas a máscara do serviço caiu quando foram anunciados os preços, em média R$ 2,10 a faixa!

Os verdadeiros criminosos rindo à toa….

Ora, se o sujeito escolhesse treze músicas, pagaria… TRINTA REAIS! Ou pensam que somos idiotas, ou somos mesmo rsrsrsrs porque nesse caso a música custa exatamente a mesma coisa, só que não se têm custos de gravação do disco, distribuição, impressão de capa e outras coisinhas mais. Ok, é só porque fica mais fácil garantir o lucro, certo? Errado! O serviço não explodiu como os planejadores estratégicos do mercado esperavam, e as cópias informais continuam se reproduzindo como gremlins na água (vc não sabe o que são Gremlins? Ok, eu tô ficando velho….).

Marcos Maynard, atual presidente da EMI I Brasil (ver post referente ao assunto o assunto), sabe que as grandes gravadoras vão encontrar dificuldades nesse campo, mas tem uma visão menos hipócrita, o que outros chamam de “crise do mercado fonográfico” ele chama de oportunidade e necessidade de mudança. Enquanto o termo crise remete a recessão (o que não é a realidade), ele prefere cunhar o termo “desafio”, jogando a responsabilidade pela diminuição das vendas clandestinas também nas mãos das gravadoras, a partir do momento que descubram novas formas de distribuir e negociar o material fonográfico.
É claro que esta mudança haverá, ou essas gravadoras vão se adaptar ou outras vão tomar conta do do mercado. A sorte está lançada.

Um bom exemplo de serviço adaptado ao novo jeito de ouvir música é o I-Tunes, mistura de programa que armazena, reproduz e cataloga músicas… além de disponibilizar compra pela internet, a preços módicos… para consumidores de países ricos. Para nós, só os engessados 30 reais por treze músicas (em disco, com todo o material que vem junto, ou em arquivos, com nada disso).

Anúncios

21-01-08 - Posted by | Crônica geral

1 Comentário »

  1. Podia deixar de bobo e ter saido nesse Domingo c a gente no Bloco do “Imprensa que eu Gamo”, p tirar + fotos, agora sob o tema “Carnaval 2008” ! *rs.
    Tinha umas figuras mt boas lá p serem registradas…
    Eu msm ñ o fiz pq ñ levei a minha câmera e meu celular ja tv n limite d fotos… 😦

    SAUDADES DE TÍ, Ô FIGURA ! 😉
    BjkZ.

    Comentário por suzaninha | 22-01-08 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: